18/05/2017

Adaptação da Nicolly na escola - 3 anos

18/05/2017
Faz tempo que vinha me programando de escrever a respeito, a final... é um marco muito importante que eu preciso guardar, mas me faltava ânimo para escrever, é amigas... a gestação do irmãozinho(a) não está sendo nada fácil, estamos atualmente com 15 semanas e 2 dias. Voltando para o assunto do post, eu queria escrever bem detalhadamente sobre esse momento, e hoje eu me senti bem disposta então vamos lá...

Pra começar, nunca fez parte dos meus planos colocar minha pequena em uma creche, pra mim seria uma opção de ultimo caso (Já explico o porque). Mudamos de cidade em Dezembro desse ano de 2016, nossa vida estava de ponta a cabeça, no inicio eu achei melhor que ficassemos na outra casa enquanto a casa nova não terminava as obras, papai ia nos ver nos fins de semana e depois voltava para a casa nova pra trabalhar e ajudar na obra, sim... não pagamos pedreiro, sogrão fez tudo! Mas acabou que ficou tão cansativo, Nicolly começou a sentir falta do papai, então decidimos irmos morar de vez na casa nova usando só os cômodos que estavam prontos,  nos mudamos em Dezembro. Em Fevereiro Nicolly completaria 3 anos, queriamos muito matricular ela na escola e começamos a busca, de cara nos assustamos, porque as escolas em região oceânica são tão caras? Meu Deus, era 3x mais do valor que pagariamos em uma escola boa na cidade qual mudamos. Então reconhecemos que não estava a nosso alcance e decidimos não colocarmos mais ela este ano. Foi ai que surgiu uma creche da prefeitura bem boa, com ar condicionado nas salas, um refeitório gigante e tias atenciosas, de inicio eu fiquei desejando que surgisse a vaga, mas não surgiu. Me colocaram na fila de espera para ter uma resposta em abril... Na segunda semana de Janeiro recebi uma proposta de emprego e aceitei, foi ai que tudo mudou... O salário não era milhões mas eu poderia me dar o luxo de colocar minha boneca em uma escola boa, voltei as buscas e encontrei uma cujo valor era um absurdo mas eu declarei carência e ganhei uma bolsa de 50% de desconto, na semana seguinte voltei lá e fiz a matricula! Fui a primeira reunião de pais e nossa, que momento marcante, sério, meus olhos brilhavam o tempo todo, que emoção!

A professora pediu as mamães que fizessem uma redação de como eram os filhos, para que no fim de semana ela estudasse cada criança. E advinha quem ficou emocionada? Como descrever seu filho para um estranho? é claro que agente escreveria o quanto eles são importantes para nós e o quanto os amamos, mas pera, não é isso que a professora deles quer saber... E eu escrevi o como minha filha é inteligente, faladeira e tímida, muito tímida! E que nunca ficou sem mim em seus 3 anos de vida.

Sai da reunião bem segura e animada, a professora Jéssica me passou confiança nela, na escola, e em mim mesma, de que estava dando um passo certo. Eu não queria essa independência para minha filha sem sentir que ela estivesse pronta, pra mim isso é importante. Em uma creche ela ficaria em horario integral, dormiria, faria as principais refeições do dia, e nisso eu sentia que ela não estava preparada, que eu teria problemas na adaptação dela. É claro que no caso de uma mamãe que precisa deixar o filho em uma creche, não tem outro jeito, mas ai é diferente, é uma questão de necessidade. E o nosso caso não era esse... Nicolly ficou muito animada com a ideia, faltou o primeiro dia de aula porque eu estava trabalhando e pedi ao papai que não me deixasse perder esse momento, então no dia seguinte, o segundo dia de aula eu estava de folga e levamos ela para a escolinha. Entrei na salinha com ela, turma de jardim 1 com 8 aluninhos de 3 anos, e a professora Jessica ja estava lá conversando e dando atenção aos pequenos, nicolly entrou com a muchilinha, foi abraçada pela tia jessica e me deu tchau, eu segui pra casa emocionada e aliviada por ter dado certo, no tempo certo.



Na hora da saída veio ela ja com as mãos enfeitadinhas com um desenho de borboleta e algumas balinhas, me abraçou ja contando tudo que fez na escola e o tempo todo eufórica.
No dia seguinte eu trabalhei e não pude leva-la, mas a vovó levou e disse que ela se comportou muito bem. Então ficamos assim... eu levando ela para escola nas minhas folgas que eram dia sim e dia não e nos outros dias vovó e papai revezavam de acordo com a folga deles também. Escolhemos para a  h Nicolly o horário da tarde, porque como ela é um tantinho dorminhoca, a parte da tarde ela aproveitaria mais a escola. Na primeira semana ja aprendeu musiquinhas novas e chegou em casa falando de alguns amiguinhos. Chega tão cansadinha que passou a dormir até mais cedo que o horário de costume, e no outro dia ja esta animadissima para mais um dia de aula. Não teve chororó, birra, nenhum dia, sempre quem sai com o coração apertado é a mamãe rsrs

 A professora sempre fala bem dela, que é participativa nas atividades e carinhosa com os coleguinhas. Uma coisa bacana é que a timidez dela está sendo trabalhada, quando estamos em lugares publicos ela não fica se escondendo mais entre minhas pernas rsrsrs






E a mamãe sempre inspirada para fazer os penteados, ser mãe de menina é um encanto né?



Dia do Índio na escola, teve lanche coletivo entre os coleguinhas e a Nicolly foi sorteada a levar batata doce, mamãe preparou com maior carinho.


Então por aqui mais uma etapa concluída com muito sucesso, peço sempre a Deus sabedoria para fazer as coisas certas com a minha filha, e minha meta é SEMPRE ir de acordo com o tempo dela, e até agora só tem dado certo. Te amo filha!

10/05/2017

TN ❤ Como cresceu

10/05/2017

Quem é vivo sempre aparece... Queria ter vindo antes falar sobre a ultra, sobre tantas coisas, inclusive fazer um post só para contar sobre a adaptação da Nicolly na escolinha, mas falta ÂNIMO minha gente. Na maior parte do tempo, quando não estou dormindo estou comendo, comendo, só tenho vontade de ficar deitada assistindo filmes e séries. Graças a Deus Nicolly é uma criança calma, é ligar o desenho e pronto... nem parece que tem gente em casa! Graças a Deus também que o Dudu é maravilhoso e me ajuda em tudo, isso, TUDO. Banho na nicolly, lavar louça, recolher as roupas do varal, o que eu pedir ele faz.
 Eu não sei descrever o que está havendo, ainda prefiro ficar sozinha, na nossa casinha, só nos 3, sem qualquer pessoa, sem barulheira, sempre fui um pouco antisocial, nessa gestação estou INSUPORTAVEL. Mas gente, não sou eu que quero, eu me esforço até pra sair, mas estar fora de casa me da angustia. Isso por acaso seria uma doença? alguma gravida ficou assim?
As vezes vamos a casa de minha mãe e minha avó, mas é coisa de uma vez no mês porque moramos longe e porque a gasolina está carissima,  la eu sou muito bem tratada, fazem tudo pra mim, minha vó me pergunta o que eu quero comer toda hora gente, sério, ela me baba demais, mas ainda sim eu fico louca para vir pra casa. Quando isso passar, se passar, eu venho contar... porque está sendo uma experiência qual nunca tive igual.

Em fim... hoje estamos na 14º semana, fiz a Tn (Translucência Nucal) com 13 semanas e 3 dias.
Só para deixar registrado aqui... Estou fazendo o acompanhamento da gravidez pelo SUS. Comecei fazendo no particular, depois fiquei fazendo no particular e no postinho, agora estou só no postinho porque pra mim é tolice pagar as consultas se o parto não poderei pagar, então pra que fazer um plano de parto se no final das contas vai ser outra coisa não é? bom, eu penso assim... Então estou fazendo as consultas no postinho e pagando somente as ultras. Na ultima consulta subi na balança comendo uma coxinha e bebendo um guaravita, é que a enfermeira me chamou pra pesar e não deu tempo de terminar de comer, que comédia gente! Mas pra minha surpresa, nenhuma grama ganha ainda. 64,9kg, voltamos a perder. Falei sobre a tn com a médica na esperança de ter pelo menos uma guia e ouvi que não havia necessidade. Então não há necessidade de saber se meu filho(a) será portador de síndrome de down?  Mas tudo bem, eu liguei pra clinica que fiz a primeira ultra e eles me disseram que faziam sem o pedido medico, era só eu assinar um termo de responsabilidade, e é claro que eu assinei, eu fiz na gravidez da Nicolly, e dessa vez não seria diferente, pra mim essas ultras especificas são importantes sim, acho que pra uma boa parte das gravidas pelo menos. E olha... fiquei sem dormir na véspera, quando o Dr começou o ultrassom e me disse que seria uma ultra demorada porque teria que medir os bebe de lado, eu já comecei a suar frio, quando ele disse "Translucência de 1,8" não da pra imaginar como eu me senti, Deus é perfeito em tudo que ele faz 

Nessa ele está de costas, olha que costinhas mais fofuxa, que amor 



Movimentação fetal presente
Feto medindo 6,54cm
Atividade cardíaca presente, rítmica de 152bpm
Translucência Nucal de 1,8 mm (normal menor que 3,0mm)
Osso nasal presente
Placenta de inserção corporal anterior, maturidade grau 0
Cavidade amniótica de volume normal

Fiquei encantada o como cresceu, não tive palpite do médico em relação ao sexo, fiquei até um pouquinho chateada, mais depois até preferi ter sido assim... melhor do que tivesse dado um palpite errado né? Ainda ganhei da clinica um cupom de desconto na loja grão de gente e um pacotinho de fraldas P da pampers. Foto das nossas 14 semanas ❤ 




27/04/2017

12+2 marcamos a TN ❤

27/04/2017
Obaaaaa, segundo trimestre!!!!!

Da semana 10 pra cá não perdemos mais peso, ahhh.... Agora com 65,1kg mas ainda falta uns 1kg pra bater no peso que estava antes da gravidez. Maas... isso não quer dizer que os enjoos e vômitos pararam não, deu apenas uma diminuidinha bem pequena. O problema é a salivação excessiva, acho que é isso que não deixa o enjoo ir embora, a boca enche de água o tempo todo e quem dizer que dá pra engolir? o estômago embrulha na hora!

Estamos aguardando para fazer a ultrassom de Translucência Nucal, o limite é até a semana 14, então agendei para 13 semanas e 3 dias, na expectativa de receber um palpitezinho ou quem sabe descobrir o sexo, vai que o bebê esteja de pernas abertas? wooon estamos torcendo!




Hoje estamos com 12 semanas e 2 dias, e hoje mesmo o bebê deu umas mexidinhas, sempre pertinho do umbigo, é uma emoção, mas emoção ainda é que ele mexeu bem na hora que eu estava brigando com a Nicolly por umas artes que ela estava aprontando, que amor né? engraçado é que eu não sentia ele mexer ja uns 3 dias, e justo na hora que estava brigando com ela ele se mexeu  

Ela continua no mesmo love, tem chorado até para ir a escola, só quer a mamãe, só fica grudada na barriga hehe

E a barriga acho que não vai demorar muito a virar barrigão não, ela é bem durinha na altura do umbigo, nem preciso dizer que estou gostando de exibir né? Quem ainda não contamos já consegue notar, mas acho que não tem ninguém pra quem não contamos kkk só desconhecidos mesmo... 

Sabe o que é engraçado? meu rosto não mudou nadinha ainda, falei isso no post da semana 10, na gravidez da nic eu sentia ele bem redondo desde o inicio, agora sinto ele mais fino, cumprido, sei lá kkk 

E os seios começaram a incomodar quando eu deito de barriga pra baixo, parece queimar... em falar em deitar de barriga pra baixo... nossa como incomoda, sinto como se tivesse comido um pratão de comida e deitado em seguida, só tenho dormido de bruços com uma das pernas meio imprensadas sobre a cama pra não pressionar tanto a pança se não fico sem ar... 

Proximo post com fotinho do nenê, e quem sabe sobre a descoberta do sexo? oremos! rsrs

beijos;