03/06/2014

A mãe que sabia que seu filho não iria viver

03/06/2014
Boa tarde pessoal, tudo bom? Hoje vou compartilhar com vocês uma história linda de muita emoção. Quando eu estava gravida da Nic, com 6 meses, viajei com meu marido, e nessa viagem conversei por horas com uma moça que deu seu testemunho. Eu sempre tive vontade de contar isso aqui no blog, mas ficava assim com o pé meio atrás e desistia. Mas ontem a Bruna Gomes me deu um empurrãozinho, então vou compartilhar com vocês...

Ela tinha 21 anos, era casada e tinha uma filha de 3 anos. Descobriu a gravidez ainda no começo e começou logo o pré natal. Seu casamento era conturbado, o marido vivia nas Lan houses e nunca procurava um emprego digno. L... não tinha pai e foi abandonada pela mãe aos 11 anos, viveu na casa de tias. Sempre soube das traições do marido, mas fingia não saber porque não queria acabar com a "familia". 
Em um dia fazendo suas tarefas domésticas recebeu a ligação de uma conhecida que era missionária, a conhecida disse "L... o senhor me mandou te dizer que este que você carrega não é seu, mas que ele te dará outro igual."  
L... não entendeu o que a missionária havia dito pois eram poucas as pessoas que sabiam da gestação dela, ficou com aquilo por horas na cabeça mas não sabia do que se tratava. 
Passados alguns meses chegou o grande dia da ultrassom morfológica. O exame foi realizado, era um menino, o médico a chamou para conversar. Disse a ela que seu bebe de 20 semanas não havia desenvolvido o sistema digestivo, e que não viveria por muitas horas ao nascer. L... disse que a ultrassom estava errada, e que seu bebe não tinha nada, exigiu um novo ultrassom. Foi repetido o exame que confirmou... O doutor disse "Seu bebe está bem, ele se desenvolve, tem um peso bom, mas não se desenvolveu o sistema digestivo dele. Ele só vai estar bem enquanto estiver dentro de você, quando nascer vai morrer! Se você levar este ultrassom na justiça consegue um aborto legalmente por lei." Ela disse "Não vou tirar meu bebê, se for para ele morrer que seja da vontade de Deus, não da minha." Deixou a clinica em prantos. Durante os 9 meses L... não fez enxoval e nem chás, a  unica coisa que ela comprou foi um macacão azul que o bebe usaria ao nascer. Ouviu de todos que era loucura levar a gravidez adiante, mas não desistiu. O amor loucamente por 9 meses e a cada semana que se passava ela temia, para ter seu bebe vivo ela gostaria de ficar para sempre gravida. A gravidez foi tranquila, mesmo estando ciente dos fatos ela acreditava que poderia haver um milagre. Antes de passar pelas 40 semanas teve de fazer uma cesariana obrigatória pois o bebê não tinha condições de passar por um parto normal (segundo os médicos), O menino nasceu, ela ouviu seu choro mas foram apenas minutos de vida. Uma amiga muito amiga dela que aguardava o nascimento no hospital chorou horrores no corredor ao saber da morte do bebe.  Foi ela em que o vestiu para o enterro, e tirou uma foto para a amiga L... ver caso algum dia queira...
L... não quis ir ao enterro, disse que as lembranças que gostaria de ter eram as de senti-lo ainda no ventre.

Esperou a filha de 3 anos que crescer mais um pouco, e aos 3 anos após a morte do seu bebê se separou do marido, e iniciou um namoro com um cara muito bacana e trabalhador, os dois se apaixonaram  e com 3 meses de namoro foram morar juntos, 1 mês após ela descobriu estar gravida novamente. No inicio da gravidez teve medo, medo de acontecer outra vez, ela ainda não estava pronta psicologicamente para sofrer a mesma dor novamente, mas manteve a fé. A gravidez foi muito curtida, seu marido estava feliz e cuidava dela em tudo... aos 4 meses a tão temida ultrassom morfológica, e era novamente um menino, e sim, muito saudável! E ai ela se lembrou do que a missionária revelou " Este que você carrega não é seu, mas o senhor te dará outro igual."
O menino nasceu de 40 semanas, parto normal, lindo e perfeito. Hoje com 2 anos e meio. Ela casada, e sua filha uma menina linda, uma familia muito feliz.

Meninas, está moça tinha só 21 anos quando descobriu que seu filho não iria viver, mesmo tendo a chance ela não interrompeu a gestação, ela amou seu bebe por 9 meses, orou e teve fé. Ele não viveu infelizmente, mas Deus cumpriu sua promessa e lhe deu um outro igual! Forte não é? então... é isso que eu gostaria de compartilhar com vocês... beijos

7 comentários:

  1. Me arrepiei e chorei junto, que história incrível .. :))

    ResponderExcluir
  2. Nossa que historia... cheguei a chorar :'(

    seguindo se poder da uma passada no meu e se gostar seguir... adoraria ter vc como seguidora: http://nossoincrivelmundoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa amiga adorei a historia e tenho fé em Deus que ele me dará outro igual ao que eu perdi

    ResponderExcluir
  4. Chorei muito amiga , muito emocionante essa história . Muitas vezes as pessoas não dão valor as palavras que Deus nos tenta dizer . Mas tenho certeza que essa pessoa foi usada pelo Senhor !

    ResponderExcluir
  5. Linda historia, não consegui segurar as lagrimas.

    ResponderExcluir
  6. Linda historia, que testemunho tremendo. Não contive as lágrimas...

    ResponderExcluir
  7. Chorei amiga, muito emocionante, um belo testemunho. Tem pessoas que não dão nenhum valor nas palavras de Deus.

    ResponderExcluir

Comente! Adoramos recadinhos *___*