26/04/2015

Parto Fórceps o NORMAL ANORMAL

26/04/2015
Oi meus amores!
Já faz tempo que me bateu uma "curiosidade" em saber sobre o parto fórceps. Alguns dizem que é um parto proibido, mas se é vejo que ele ainda vem acontecendo... Pesquisei, pesquisei e achei! Nossa, só de ler alguns relatos senti dor em mim, que parto horrível! Se isso é normal, eu desconheço o verdadeiro significado do "normal" porque é assustador!

 "É o parto via vaginal (parto normal) no qual se utiliza um instrumento cirúrgico semelhante a uma colher utilizada para servir uma salada, que é colocado no canal genital da mulher, ajustando nos lados da cabeça do bebê para ajudar o obstetra a retirá-lo do canal de parto em casos de emergência ou sofrimento fetal. Este instrumento permite que o obstetra faça suaves manobras de rotação e extração no auxiliar a saída do bebê. Graças à sua forma curva, "abraça" a cabecinha do bebê, mas sem a comprimir demasiado. Para auxilio destes partos são utilizados instrumentos que são ligados à cabeça do bebê para que ele possa ser retirado pela vagina são eles: O fórceps é formado por duas partes alongadas e conectadas que se curvam nas pontas para abrigar a cabeça do bebê. São levados em conta vários motivos para a realização dos partos fórceps como: circunstâncias em que haja sofrimento fetal ou a mãe não esteja mais conseguindo fazer força.
Fórceps é um instrumento médico semelhante a uma tenaz, que serve para a retirada de um feto quando o corpo da mãe já não consegue mais ter forças para que ele saia naturalmente. Geralmente é usado quando o bebê é muito grande ou em casos de gravidez de risco. É um objeto muito perigoso que pode machucar o bebê ou ate deformado que foi o caso de Noel rosa que tem o queixo menor que o normal por causa desse instrumento medico.
Na realização do parto fórceps o médico terá que fazer uma incisão (episiotomia) na região do períneo (entre a vagina e o ânus) para alargar a abertura e facilitar a introdução do fórceps e o posicionamento na cabeça do bebê. Uma vez que o fórceps esteja ajustado, o médico puxará enquanto você fizer força para empurrar durante uma contração, a fim de facilitar a descida do bebê pelo canal de parto. É normal logo após o parto a paciente sinta dores e fique um pouco machucada por causa do parto. Além disso, pode ser que seja mais difícil fazer xixi e controlar a urina, ou você pode ter prisão de ventre. Há um pequeno risco de danos permanentes à bexiga ou ao ânus. O risco de algum ferimento é maior com o fórceps. Já com o bebê poderá nascer com um pequeno machucado superficial, o que normalmente, se cura em poucos dias."



Sabe o que eu me pergunto... 
se o bebê está em sofrimento, se a mãe não tem mais força... porque não uma cesariana?
Não... a cesariana é cara, um parto de alto porte! Tem que deixar a mãe e o bebê dar o ultimo suspiro pra ai sim pensar na hipótese de fazer uma cesariana.
Acho que todas as mães que são submetidas a esse "parto" preferiam mil vezes ter sido operada do que rasgada por esses instrumentos enormes e dolorosos. Isso é traumatizante...
Esse negocio tinha é que ser riscado do dicionário e ser proibido de vez!

15 comentários:

  1. Anônimo26/4/15

    que horror
    nem sabia q existia esse parto ai. com toda certeza ele ñ tem nada de normal.
    deve deformar as genitais da mulher. PROIBI ESSA BOSTA LOGO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poisé, quando agente acha que já viu de tudo kkkk ai que surge o inacreditável kkk
      beijos

      Excluir
  2. Todo parto vaginal, inclusive estes humanizados festivos, pode terminar num fórceps de alívio como opção unica à sequela e a morte do bebê preso no canal. Não tem como prever. O único parto que tem 100% garantia de que o fórceps não será usado é a cesariana eletiva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como alivio? :o
      Infelizmente não tem como prever né?
      muitas mães sonham com um parto normal e acabam passando por essa coisa que eu não considero normal e ficam traumatizadas.

      Excluir
  3. Eu acho isso uma crueldade sem tamanho, tanto para a mãe quanto para o bebê.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
  4. É um parto iper mega arriscado! Minha avó teve meu pai assim, e ela disse que quase morreu, e meu pai também, a recuperação demorou mais que cesária, fora que tinha que ter ajuda de alguém por pelomenos 2 meses! Deveria ter fiscalizações em hospitais e maternidades, para verificar se estão fazendo este tipo de parto que pode matar mamãe e bebe!

    http://bylarissamarques.blogspot.com.br/2015/04/video-tag-leitora-quer-saber.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amiga, minha mãe nasceu tirada a fórceps, minha vó traumatizou. Os outros filhos que nasceram depois foram tudo de pc pago.
      bjs

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Tatiana10/10/15

    Meio exagerado o post, minha filha nasceu de parto fórceps há 1 mês, não tive trauma nenhum e minha recuperação foi ótima, no dia seguinte eu estava sentada de pernas cruzadas na cama da maternidade recebendo visitas, todo mundo dizia que nem parecia que eu tinha tido bebê. A recuperação posterior tbm foi ótima, com 27 dias minha obstetra já tinha liberado até para relações sexuais, que estão rolando de boa. Então cada um é cada um, não generalizem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Tatiana, o post não é exagerado, está mostrando abertamente dois relatos de mães que tiveram parto fórceps e não tiveram boa experiência para contar, assim como muitas tem parto Cesário e não se recuperaram bem... Faz parte!
      Fico feliz por você ter tido uma boa recuperação, isso é o que vale. beijão

      Excluir
  7. Eu nasci de uma cesariana...mas por horas o médico tentou me puxar com este aparelho...quase matei minha mãe...Só descobri isso a poucos meses...sabia que tinha sido um parto dificil...mas não podia imaginar o quanto...
    Recentimente fiz novos exames e com mais esse "dado"novo...descobri a causa da pressão demasiada no aparelho auditivo. Fique muito chateada com meu pai que não permitia a cesariana...e fez minha mãe sofrer tanto... Tento pensar que se não fosse por ele não estaria em um hospital...já que isso tem 50 anos, e que a maioria nascia em casa...e teriamos morrido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, bem complicado né...
      Mas graças a Deus você e sua mãe sobreviveram a isso, e o que aconteceu com certeza tornou sua mãe uma mulher ainda mais forte! Volte sempre, Beijos

      Excluir
  8. Anônimo11/1/16

    Tive meu filho com esse parto horrível falam que e proibido e tudo mentira pq tive meu filho em 2005 e minha prima teve agora em 2015 e a história se repetiu de novo.....no meu caso o médico alegou que meu filho já estava encaixado então não tinha como voltar ele para fazer uma cesariana sendo que o médico estava com todo meu prontuário sabendo que era primeiro filho e um bebê enorme de 52cm e pesando 4,40 kilos é um absurdo esses médicos errarem dessa maneira fazendo a gente sofrer tanto e ainda pior correr muito risco a criança e a mãe espero que um dia seja proibido de verdade mesmo!!!

    ResponderExcluir
  9. Eu passei por esse tipo de parto, minha filha tem 4 dias de vida e estamos bem. Mais foi uma tortura foi doloroso sofri de mais. Achei que ia morrer. Ela estava encaixada e eu estava com 8 cm de dilatação. Então minha bolsa estouro e logo entrei em trabalho de parto mais perdi as forças e o médico optou pelo instrumento forceps.
    Foi horrível

    ResponderExcluir

Comente! Adoramos recadinhos *___*